fedo notícias

abr 23

#DicaDeLeitura: “Sentimento do Mundo”, Carlos Drummond de Andrade

 

A dica de leitura dessa semana foi escrita por um dos mais célebres autores brasileiros, o mineiro de Itabira, Carlos Drummond de Andrade. Assim, hoje, é dia de conhecer um pouco mais sobre um dos livros cobrados no Vestibular de Inverno 2014 da UNITAU: “Sentimento do Mundo”.

Publicado pela primeira vez em 1940, a obra é a terceira de Drummond e reúne 28 poemas. Nesse livro, o escritor destaca a poesia de cunho social, refletindo o momento de instabilidade e inquietação dos anos que antecederam a Segunda Guerra Mundial. Mas apesar disso, a questão do “eu” (como indivíduo, família, etc), muito presente nos livros anteriores do poeta, ainda aparece com destaque nessa obra.

Como “Sentimento do Mundo” é uma produção poética, nossa dica é ler aos poucos, um poema por dia e refletir bastante sobre cada um deles. Nessa obra é importante dar uma atenção especial aos poemas: Confidência do Itabirano, Mãos Dadas, Elegia 1938 e Mundo Grande, além da poesia que intitula o livro.

“Durante a leitura, vá sublinhando trechos que exemplifiquem as características da escola literária e do estilo do autor. Esse exercício ajuda na compreensão do texto”, enfatiza a Profa. Deise Urias de Morais, especialista em Metodologia de Ensino e mestranda em Educação.

Para os amantes de literatura, ler Drummond não é nenhum esforço, não é?

Já leu o livro? Conte-nos o que achou! E, se ainda não leu, aventure-se por esse vasto mundo de sentimentos chamado Poesia! :D

 

Amanda Liberato

Copesa/UNITAU

abr 22

Serviço UNITAU: Bibliotecas

 

Para uma universidade ser boa, além de bons professores e estrutura, é realmente necessário ter um bom material de estudo, não é mesmo? A UNITAU conta com 18 unidades de informação, incluindo as Bibliotecas Setoriais, os Centros de Pesquisa Bibliográfica (CPB), o Centro Especial de Atendimento Bibliográfico (CEAB), o Centro de Estudos do Hospital Universitário e o Setor de Obras Raras.

Em novembro de 2013, foi inaugurada mais uma biblioteca da Universidade, mais equipada e aberta à população. A nova sede, localizada na Rua Expedicionário Ernesto Pereira, Centro, oferece: sala para realização de trabalhos em grupos, sala individual, sala de multimídia, computadores para consulta e estudos e uma sala de reunião para os bibliotecários.

A aluna Bruna Faria, do 1º semestre de Pedagogia, vai sempre à biblioteca com suas amigas . “É um local em que podemos nos encontrar para estudar, realizar trabalhos acadêmicos, e, fica no centro, bem próximo à faculdade”, conta a estudante.

Além do presencial, o aluno UNITAU também  tem acesso a um acervo online, que disponibiliza mais de 200 mil exemplares, entre livros e periódicos, e um programa de assistência bibliográfica completo.

Viu só? Na UNITAU, você conta com diversas ferramentas que irão dar um upgrade nos seus estudos, colaborando cada vez mais com a sua formação profissional! Vem pra UNITAU! :D

 

Amanda Liberato

Copesa/UNITAU

abr 14

Vem aí mais um UNITAU Encena!

A gente sabe que estudar para o Vestibular não é uma tarefa fácil, são várias matérias e livros de leitura obrigatória e, por isso, a UNITAU quer ajudar você!

Que tal unir a diversão de uma peça teatral com o conhecimento de um livro importante para a história da literatura brasileira? Esta é a sua chance!

No dia 6 de maio, às 19h, o UNITAU Encena apresentará a obra “Memórias de um sargento de milícias”, de Manuel Antônio de Almeida. O Grupo Realce mostrará a história no Teatro Metrópole, em Taubaté.

O romance foi escrito no período do romantismo e retrata a vida do Rio de Janeiro no início do século 19. Na obra é desenvolvida pela primeira vez na literatura nacional a figura do malandro.

“É uma ótima oportunidade, o teatro é gratuito e aborda livros do Vestibular e que são cobrados no Ensino Médio também. Vou levar alguns amigos para assistir”, disse o estudante Felipe Moura.

Em agosto, outra peça será apresentada: será a vez de “Memórias póstumas de Brás Cubas”, de Machado de Assis.

Você não vai perder, né? As vagas são limitadas, então, faça a sua inscrição pelo email vest@unitau.br. Para mais informações, entre em contato pelos telefones (12) 3625-4110 ou (12) 3625-4138.

 

Amanda Liberato

Copesa/UNITAU

abr 11

Inscrições para o Vestibular de Inverno já começaram \o/

 

Está chegando a hora, vestibulando! Você já pode se inscrever para o processo seletivo de Inverno da UNITAU no qual, pela primeira vez, haverá prova para o curso de Medicina, com 40 vagas disponíveis. Os estudantes que forem aprovados iniciarão as aulas no segundo semestre.

Os futuros médicos serão selecionados em duas fases. A primeira, que acontecerá no dia 1º de junho, irá conter 80 questões objetivas. Já a segunda fase, no dia 20 de julho, terá uma redação, cinco questões dissertativas de Química e cinco de Biologia. A taxa de inscrição é de R$180.

A Universidade também oferecerá 820 vagas divididas em 26 cursos nas áreas de Ciências Exatas, Biociências e Ciências Humanas. A prova irá acontecer no dia 20 de julho, com 80 questões objetivas e uma redação. Quem efetuar a inscrição até 31 de maio pagará R$ 35. Após esta data, o valor sobe para R$ 70.

O estudante Rafael Siqueira irá prestar a prova para o curso de Engenharia Aeronáutica. “É muito bom ter este vestibular no meio do ano. Assim, podemos ingressar antes na Universidade e não precisamos esperar até o começo do próximo ano”, diz o vestibulando.

Inscreva-se aqui. Para mais informações, ligue no 0800 557255.

 

Amanda Liberato

Copesa/UNITAU

abr 09

Participe da 4ª edição do UNITAU Convida

 

Até o dia 12 de abril, você pode conferir o UNITAU Convida. O evento é gratuito e aberto para toda a comunidade. São exposições, cine-debates, mesas redondas e oficinas em todas as áreas e para todos os gostos, e você não pode ficar fora dessa!

Ao visitar os Departamentos, você entrará em contato com a sua futura profissão, além de adquirir novos conhecimentos.

A programação conta com diversas atividades. Hoje, às 19h30, acontece no Departamento de Ciências Sociais e Letras uma mesa redonda com o tema “Geopolítica e História – a crise na Ucrânia”. O assunto está em alta e poderá cair em várias provas.

O Departamento de Ciências Jurídicas receberá uma palestra com o tema “Trabalho Escravo e o Tráfico Internacional de Pessoas”. O evento será amanhã, às 19h.

No sábado, haverá um “Minicurso de Escrita Acadêmica em Foco”, o que será muito importante para você quando se tornar um universitário. O minicurso acontecerá no Departamento de Ciências Sociais e Letras, das 8h30 às 10h30.

Quer conferir a programação completa? Veja aqui.

Esperamos por vocês! :D

 

Amanda Liberato

Copesa/UNITAU

abr 07

Você sabia? Hoje é dia do Jornalista!

 

Você pensa em seguir essa carreira ou gostaria de saber um pouco mais? Então, continue lendo nosso texto!

A vida de um jornalista pode ser definida em uma única palavra: correria. Correr atrás da notícia, fotografar, entrevistar as pessoas, gravar, escrever, editar… Pode parecer complicado, mas para quem escolhe esta profissão, ter uma vida corrida é um sonho.

O mercado de trabalho é amplo: pode-se trabalhar em jornais, revistas, televisão, rádio, internet e assessorias de comunicação. O salário inicial varia de R$ 1 mil a R$ 2,5 mil, podendo no auge da carreira atingir a faixa de R$ 15 mil.

O curso de jornalismo na UNITAU é considerado referência na região e obteve nota 4, numa escala de 0 a 5, no último Exame Nacional de Desempenho de Estudantes (ENADE).

A jornalista da TV Vanguarda, Michelle Sampaio, se formou na UNITAU em 2001. Antes de ingressar no jornalismo e descobrir sua vocação, ela fez Direito e Educação Física. “Eu conheci uma jornalista, ela falou mais da área e acabei tendo a oportunidade de conhecer melhor o Jornalismo e me identificar um pouco com isso. Na faculdade, eu me encontrei, vi que era isso que queria, só precisava de alguém para clarear minhas ideias”, disse Michelle.

Já o aluno do primeiro semestre do curso Lucas Nascimento, antes de entrar na faculdade já trabalhava em uma revista como fotógrafo. “Via as entrevistas, as matérias que o repórter fazia e peguei gosto. Decidi fazer o curso, para me aprimorar na área que quero trabalhar, a fotografia”, ressalta o estudante.

Repórter de TV, fotojornalista, assessor de comunicação ou em qualquer outra área é necessário que o jornalista tenha sempre ética, credibilidade e trabalhe para ajudar a comunidade.

Michelle dá a dica para aqueles que pretendem seguir esta área: “Não desista nunca, tenha paciência, porque o período de estudo é bem sacrificante mesmo. Você está ali na faculdade, aprendendo, fazendo estágio e tem de lidar com aquilo. Será que é o que dá prazer a você? O que move a sua vida? Se sim, tem que fazer com vontade. É preciso ter paciência e mostrar que tem vontade realmente de mudar a sociedade e que tem poder para isso. Você precisa correr atrás daquilo que acredita ser o certo”.

Nós do SAV, desejamos a todos os jornalistas um ótimo dia e muito sucesso!

E você, pretende seguir a carreira? Conte para nós! :D

 

Amanda Liberato

Colaboração: Gabriel Priante

Copesa/UNITAU

abr 04

Descubra como memorizar algumas fórmulas de Matemática

 

Decorar tantas fórmulas é algo complicado, não é mesmo? Nós já te ajudamos a memorizar algumas fórmulas de Física aqui e, hoje, iremos relembrar algumas de matemática para você arrasar na sala de aula e no Vestibular.

Na Geometria Analítica, temos uma fórmula para encontrar a equação fundamental da reta que passa pelo ponto P (xo, yo), a fórmula: y – yo = m (x – xo), que pode ser decorada com a frase YoYô, Mixoxô.

Os estudos trigonométricos no triângulo são embasados em três relações fundamentais: Seno, Cosseno e Tangente. A frase Corri, cai na coca ajuda a memorizar as fórmulas que são:

Seno = cateto oposto/hipotenusa – (co/hip) à corri
Cosseno = cateto adjacente/hipotenusa – (ca/hip) à caí
Tangente = cateto oposto/cateto adjacente – (ca/co) à coca
Lembra da Lei de Euler, aquela utilizada para calcular o número de vértices, faces ou arestas de poliedros? Sua fórmula é: V + F = A + 2 e, para ficar mais simples, você pode lembrar dela por: Vida Feliz A Dois.

Ufa, agora ficou mais fácil, não é? Se você conhecer mais alguma fórmula, conte para nós aqui nos comentários!

Bom estudo, vestibulandos! :D

 

Amanda Liberato

Copesa/UNITAU

abr 02

Saiba o que estudar para o Vestibular – Parte 3

 

Mais um mês se inicia e está na hora de você programar o que deve estudar nos próximos 30 dias para se dar bem no Vestibular. Se você não viu o que estudar no mês de março, clique aqui.

Aprofunde seus conhecimentos nos temas que traremos hoje, tire suas dúvidas e exercite.

Em Matemática, é importante que você saiba sobre semelhanças de triângulos, teorema de Pitágoras e função exponencial.

Você conhece tudo sobre ascensão e queda do Império Romano? Este é um tema que pode cair na parte de História.

Atualidades também são cobradas, portanto, é essencial que você fique ligado na questão da Rússia e Crimeia.

Em Gramática, a diferença entre Adjunto Adnominal e Complemento Nominal é bem pequena. Dê uma atenção especial a isso.

Em Física, aprofunde seus conhecimentos em energia elétrica, potência elétrica e potência dissipada.

Química orgânica exige atenção, não é mesmo? Procure lembrar a estrutura e nome dos compostos e, sobre os hidrocarbonetos, veja a definição e nomenclatura com cadeias.

Nós sabemos que não é fácil se preparar para as provas, que é necessário muito estudo, foco e motivação. “É comum que o período que antecede os vestibulares seja cercado de dúvidas, angústias e desânimo, principalmente, diante de todo o material que precisa ser estudado. Porém, com foco é possível reavivar o objetivo a longo prazo: a realização de um sonho”, destaca a psicóloga da UNITAU Andréa Ferreira.

Agora é com vocês, vestibulandos! Bons estudos! ;)

 

Amanda Liberato

Copesa/UNITAU

mar 31

#DicadeLeitura: “A Hora da Estrela”, de Clarice Lispector

 

Para ajudar os estudantes que já estão se preparando para o Vestibular, vamos dar dicas sobre os livros que serão cobrados na prova. Hoje é dia de saber um pouco mais sobre A hora da estrela, de Clarice Lispector.

O livro foi publicado pouco antes da morte da autora, em1977. Ahistória é narrada por Rodrigo S.M., alter ego da autora, e retrata a jovem nordestina Macabéa, que tenta sobreviver na cidade grande. A narrativa é marcada pela presença dos conflitos existenciais da protagonista e do próprio Rodrigo S.M.

Em “A Hora da Estrela”, ficam visíveis algumas das principais características dos autores da terceira fase modernista no Brasil, como a utilização de análise psicológica mais aprofundada dos personagens, que revela o fluxo de consciência e o intimismo. Há também a preocupação por uma linguagem mais elaborada, com a presença das digressões, o uso inusitado da pontuação, ou mesmo a sua ausência, as metáforas e a metalinguagem.

Clarice Lispector é dona de um dos estilos mais peculiares e marcantes da nossa literatura. “O tom intimista é a marca dessa escritora, ou seja, o que fica evidenciado na ficção clariceana é a interioridade, aquilo que se passa internamente. Intimamente o tempo é psicológico”, disse a professora da UNITAU Deise Urias de Morais, especialista em Metodologia de Ensino e mestranda em Educação.

E então, se animou para ler o livro? Conheça os sonhos, as manias e os conflitos internos de Macabéa e se dê bem no Vestibular! ;)

 

Amanda Liberato

Copesa/UNITAU

mar 28

Resumo: Golpe Militar de 1964

 

Você sabia que o Golpe de 1964 completará 50 anos no final deste mês? E, por isso, este é um dos temas que podem ser cobrados em vários vestibulares. Acompanhe nosso texto e saiba um pouco mais sobre o que aconteceu.

No começo da década de 60, o Brasil passava por uma grande agitação política. Após a renúncia de Jânio Quadros, assumiu o seu vice, João Goulart (conhecido como Jango). Ele defendia medidas consideradas de esquerda para a então política do país e planejava reformas de base que visavam reduzir as desigualdades do país. Entre as reformas, estavam a eleitoral, a bancária, a educacional e, principalmente, a agrária. As elites temiam que essas alterações afetassem seu poder econômico e adotaram algumas medidas para enfraquecer o presidente, como o parlamentarismo que, em 1961 e 1962, atribuiu funções do Executivo ao Congresso, dominado na época por representantes das elites. O regime presidencialista foi restabelecido em 1963 após um voto popular.

Para melhorar a crise econômica e a instabilidade política, Jango propôs reformas constitucionais, como controlar o dinheiro enviado ao exterior, dar canais de comunicação aos estudantes e permitir o voto para os analfabetos. Essas reformas aceleraram a reação das elites, criando condições para o golpe de 1964.

Porém, o grande acontecimento para que o Golpe Militar acontecesse foi em março de 1964, quando Jango determinou a reforma agrária e a nacionalização das refinarias estrangeiras de petróleo.

A elite não deixou passar e reagiu: a imprensa, o clero conservador e o empresariado organizaram, em São Paulo, a “Marcha da Família com Deus pela liberdade” que reuniu cerca de 500 mil pessoas. Eles renunciavam as tentativas de reforma da Constituição Brasileira e a defesa dos princípios da política do Brasil.

Então, em 31 de março daquele ano, os militares iniciaram a tomada do poder e a deposição de Jango. Em 2 de abril, João Goulart partiu de Brasília para Porto Alegre e Ranieri Mazilli assumiu a presidência. Após alguns dias, Jango se exilou no Uruguai.

AI-1 (Ato Institucional número 1) foi editado em 9 de abril de 1964 e foi um decreto militar realizado para depor o presidente e iniciar a cassação dos mandatos políticos. No mesmo mês, o marechal Castello Branco assumiu a presidência com um mandato até 24 de janeiro de 1967, iniciando a Ditadura Militar no país.

 

 

Quer saber mais?

Na próxima segunda-feira, haverá uma mesa redonda sobre o assunto. Participe!

Local: Auditório do Departamento de Ciências Sociais e Letras

Dia: 31 de março

Horário: 19h

Entrada franca!

 

Amanda Liberato

Copesa/UNITAU

Posts mais antigos «