fedo notícias

Fies

 

O FIES, Fundo de Financiamento ao Estudante do Ensino Superior, é um programa do Ministério da Educação que tem como objetivo financiar cursos de graduação presenciais para alunos regularmente matriculados em instituições de ensino superior com mensalidades pagas.

Informações Gerais:

• Para que o aluno tenha direito ao financiamento, o valor da mensalidade deverá comprometer mais de 20% da renda per capita familiar bruta.

• O aluno poderá financiar até 100% do valor de sua mensalidade.

• O aluno deverá apresentar a aprovação no ENEM, se concluiu o ensino médio após o ano letivo de 2010.

• O aluno começará a pagar o financiamento 18 meses após a colação de grau e terá três vezes o tempo do curso mais 12 meses para pagar todo o valor financiado a juros de 3,4% ao ano, para todos os cursos.

• No período em que estiver cursando a graduação, o aluno deverá somente pagar a taxa de R$ 50,00, a cada trimestre, relativa ao juros e correção monetária do financiamento.

• O aluno deverá acessar o site: sisfiesportal.mec.gov.br para fazer sua inscrição. É muito importante que o aluno leia todas as instruções disponíveis no site.

• O aluno poderá solicitar o ingresso no financiamento em qualquer época do ano.

• Para o aditamento, o aluno poderá optar pela redução do percentual de financiamento, nunca pelo aumento.

• O percentual mínimo para financiamento é de 50% e poderá ir até 100% em todos os semestres.

• A Universidade de Taubaté optou pela presença de fiadores e não aderiu ao FGEDUC.

De acordo com o site sisfiesportal.mec.gov.br, as fases do financiamento são:

1 - Utilização: período compreendido entre o ingresso do estudante no Fies e o mês imediatamente anterior ao início da fase de carência. Ao longo desse período, o aluno deverá pagar trimestralmente os juros incidentes sobre o financiamento, limitados a R$ 50,00 (cinquenta reais).

2 - Carência: período compreendido entre o mês subsequente ao término da fase de utilização e o mês imediatamente anterior ao início do período de amortização. Durante esse período, o estudante financiado fica obrigado a pagar os mesmos juros previstos na fase de utilização.

3 - Amortização: período iniciado no 19° (décimo nono) mês imediatamente subsequente à fase de utilização. Nessa fase, o saldo devedor do financiamento é amortizado com base no valor apurado mediante a aplicação da Tabela “Price”, em parcelas mensais, iguais e sucessivas, pelo prazo de até 3 vezes o prazo de permanência do estudante na condição de financiado, acrescido de 12 (doze) meses.

O MEC (Ministério da Educação) publicou uma portaria no Diário Oficial da União, no dia 12/04/2012, que estabelece a renda familiar mensal de até 20 salários mínimos para que o estudante possa se cadastrar no Fies (Fundo de Financiamento Estudantil). Até então, as regras para participação no programa não estipulavam uma renda máxima.
Dúvidas frequentes sobre o FIES

Quando abrem as inscrições para o FIES?

Normalmente no mês de janeiro. O Próprio site do FIES determina o início das inscrições.

Solicitamos a atenção ao site sisfiesportal.mec.gov.br/, e em nossas demais redes de relacionamento (Twitter, Facebook e unitau.br), pois publicaremos qualquer novidade.

Existe cota para inscrições no FIES em cada curso?

Não. A cada ano será disponibilizado um valor limite para a instituição, por sermos Autarquia Municipal. (Exemplo, uma cota de R$ 10.000.000,00 para o ano de 2013). Esgotado este valor, as próximas inscrições abrirão somente no início do ano seguinte.

• Qual a documentação necessária para entrega na Pró-reitoria Estudantil para o financiamento?

Ficha de inscrição devidamente impressa, mais os originais seguidos de cópias (ou cópias autenticadas) dos seguintes documentos:

a. Documentos de identidade de todos os membros do grupo familiar (o documento informado no momento da inscrição deve ser o documento entregue). Aos membros da família menores, que não tiverem RG, será permitida a apresentação da certidão de nascimento;

b. Comprovante de residência do grupo familiar (onde efetivamente reside a família);

c. Comprovante de rendimentos de todos os membros da família maiores que trabalham:

d. 3 últimos contracheques no caso de renda fixa e em comissão;

e. 6 últimos contracheques no caso de pagamento de horas extras;

f. No caso de não possuir os documentos acima, trazer cópia do Imposto de Renda ou do DECORE (Declaração de Contribuição e Rendimentos assinado por um contador – caso de autônomos)

g. Declaração de que não possui renda, de todos os membros que não trabalharam (com firma reconhecida em cartório);

h. Histórico escolar do ensino médio e certificado de conclusão do candidato;

i. Comprovante do ENEM caso tenha concluído o ensino médio a partir de 2009;

j. Em se tratando de pais separados, trazer copia do termo de audiência estipulando o valor da pensão, se houver e certidão de casamento averbada;
• Quem não pode se candidatar ao FIES?

Aqueles:

a. Cuja matrícula acadêmica esteja em situação de trancamento geral de disciplinas no momento da inscrição;

b. Que já tenham sido beneficiados com o FIES e desistiram;

c. Que estejam inadimplentes com o Programa de Crédito Educativo (PCE/CREDUC);

d. Cujo percentual de comprometimento da renda familiar mensal bruta per capta seja inferior a 20%;

e. Cuja renda familiar mensal bruta seja superior a 20 salários mínimos.

• Alunos e fiadores podem ter restrição no CPF para inscrição no FIES?

Não. Os alunos, nem seus fiadores poderão ter restrições no CPF; e se forem casados, os respectivos cônjuges também participam da mesma regra.

É importante ressaltar que mesmo no período de aditamento esta condição continua sendo válida.

• É indispensável a apresentação de um fiador?

Sim. A apresentação do fiador deve-se ao fato da Universidade de Taubaté ser uma Autarquia Municipal, com bens públicos e particulares.

Vale lembrar que o fiador deve ter como rendimento duas vezes o valor da mensalidade do curso escolhido pelo aluno, e se isso não for possível, há a possibilidade de adição de outros fiadores para complementação do valor.

• Ao realizar a inscrição, e concluí-la, o aluno já pode considerar-se beneficiado pelo financiamento?

Não. Para a obtenção do financiamento há 4 fases:

a) inscrição e conclusão da inscrição com impressão da ficha no site sisfiesportal.mec.gov.br/;

b) entrega da documentação na Pró-reitoria Estudantil para ser avaliada pelos membros da comissão;

c) comparecimento do aluno e seu fiador ao Banco do Brasil ou Caixa Econômica Federal para aprovação;

d) Entrega de duas vias do contrato (uma na Pró-reitoria Estudantil e outra na Pró-reitoria de Economia e Finanças)

• Se eu tiver um fiador posso me inscrever no FIES ainda que nenhum membro da minha família tenha renda?

Não. Infelizmente o Financiamento é feito de acordo com a renda mensal bruta do grupo familiar, e se o aluno não tiver um rendimento mínimo não será possível realizar o financiamento. Vale lembrar que entende-se como grupo familiar parentes diretos, residentes na mesma casa, como: pai, mãe, cônjuge, filhos, irmãos e avós.

• Quando o aluno começa a pagar o financiamento?

Após 18 meses da conclusão de seu curso. No entanto, é importante frisar que a contratação do financiamento implica no pagamento de uma quantia de R$ 50,00 trimestralmente ao longo de toda graduação.

• Após a contratação o aluno garante seu financiamento até a conclusão do curso?

Sim, porém semestralmente (nos meses de janeiro e julho), é preciso que o aluno compareça à Pró-reitoria Estudantil para aditamento do contrato, ou seja, informar ao Governo Federal que deseja continuar usufruindo do Programa.

• Se o aluno já tem o FIES em outra Universidade ele pode solicitar sua transferência para a UNITAU trazendo consigo o financiamento?

Sim. O estudante deverá procurar a Comissão da Universidade em que está matriculado, efetuar a transferência de curso, e trazer a documentação à nossa Universidade para validação da transferência e do aditamento para renovação de contrato

• Para a realização dos aditamentos, o que é necessário?

O comparecimento do aluno à Pró-reitoria Estudantil trazendo consigo a senha utilizada no momento da inscrição. Este procedimento provavelmente será pré-agendado, e tem uma duração média de 15 minutos. Após este procedimento, dentro de 10 dias o aluno já poderá retornar à PRE para retirar sua via do contrato assinada pela Comissão, para arquivamento.

• Após o aditamento é necessário comparecer ao banco novamente?

Não. Apenas se houver modificação de fiador, de percentual a ser financiado, ou alteração de semestre cursado/financiado. Nesses casos o aluno deverá encaminhar a via de conclusão à agência bancária para alteração do contrato, e entregar uma cópia às Pró-Reitorias: Estudantil e de Finanças, para arquivo.

• O que acontece se o estudante não comparecer à CPSA (Pró-Reitoria Estudantil) ou ao Agente Financeiro nos prazos estabelecidos?

a.Não comparecimento à Pró-reitoria Estudantil para entrega da documentação: O valor reservado bem como o nome do estudante retornam ao sistema para nova inscrição no dia seguinte ao vencimento.

b. Não comparecimento ao Agente Financeiro (Banco) junto com o Fiador: O valor reservado ao estudante retorna ao sistema em 5 dias úteis e o nome do estudante somente em 10 úteis.

Quem é beneficiário de alguma modalidade de bolsa na Universidade pode realizar a inscrição no FIES?

Não. Ao efetuar a contratação do financiamento automaticamente qualquer modalidade de bolsa dentro da Universidade será cancelada, a fim de tornarmos acessíveis os benefícios disponíveis ao maior número de alunos possível dentro da Instituição.

Quais percentuais de financiamento posso realizar com o FIES?

Existem variáveis entre 50% a 100%. Este percentual é dado pelo próprio site do Governo, levando-se em consideração a renda familiar bruta e seu comprometimento.

• O FIES quita parcelas/dívidas anteriores ao contrato?

Não. O Financiamento é valido somente para parcelas referentes a partir do momento da filiação, não alcançando parcelas anteriores.

• O que eu faço se não encontrei minha questão respondida acima e ainda tenho dúvidas?

Escreva para pre@unitau.br!

 

62 comments

  1. vivian

    Olá Bruno!
    Você já compareceu a PRE para levar sua documentação? Se ainda não, você consegue alterar.

  2. vivian

    Eliseu, ligue na PRE (12)3625-4180 e irão te ajudar a corrigir os dados!

  3. maiara

    ola, tenho uniao estavel com meu namorado, moramos juntos, mas na ficha do fies nao aparece a opcao conjuge, ou namorado, ou marido. oque eu coloco?

  4. vivian

    Olá Maiara, ele será seu fiador? É que o cônjuge não pode ser o fiador, mas se vocês apenas namoram, pode colocá-lo como tal.

  5. Luana

    Eu conclui o aditamento do fies, só que teve uns erros… como eu faço para poder voltar e editar novamente? Obrigada. Preciso muito corrigir o aditamento, antes de levar ao banco.

  6. vivian

    Olá Luana, você é de qual curso? Já trouxe a documentação na UNITAU?

  7. Jamile

    No meu caso , o Banco não consegue concluir pois aparece que a Faculdade precisa fazer o Pre-ADITAMENTO
    O que isso significa ?
    Estou ficando louca, pois a Faculdade fala que o Banco que precisa resolver e o Banco contraria e fala que o problema é a faculdade o que faço ?
    Me ajudem preciso de ajuda
    Obrigada

  8. vivian

    Jamile, o seu é aditamento ou é inscrição?

  9. eder

    meu aditamento deu não simplificado, pois a renda do meu fiador não passou tenho que acrescentar um novo fiador.preciso levar a documentação primeiro fiador novamente?

  10. vivian

    Olá Éder, tudo bem?
    Você já compareceu a PRE e/ou sua data no banco já passou?

  11. Raphael Ribeiro

    Olá meu aditamento não foi simplificado , tive que trocar de fiador , mais o conjuge do meu fiador esta com nome sujo isso interfere?

  12. vivian

    Olá Raphael, tudo bem?
    Infelizmente, a renda do conjuge interfere na renda do fiador e, por isso, ele não poderá ser seu fiador.

Deixe um Comentário

Seu e-mail não será publicado.

Você pode usar estas tags e atributos HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>