Fies

 

O FIES, Fundo de Financiamento ao Estudante do Ensino Superior, é um programa do Ministério da Educação que tem como objetivo financiar cursos de graduação presenciais para alunos regularmente matriculados em instituições de ensino superior com mensalidades pagas.

Informações Gerais:

• Para que o aluno tenha direito ao financiamento, o valor da mensalidade deverá comprometer mais de 20% da renda per capita familiar bruta.

• O aluno poderá financiar até 100% do valor de sua mensalidade.

• O aluno deverá apresentar a aprovação no ENEM, se concluiu o ensino médio após o ano letivo de 2010.

• O aluno começará a pagar o financiamento 18 meses após a colação de grau e terá três vezes o tempo do curso mais 12 meses para pagar todo o valor financiado a juros de 3,4% ao ano, para todos os cursos.

• No período em que estiver cursando a graduação, o aluno deverá pagar a taxa de R$ 50,00, a cada trimestre, relativa ao juros e correção monetária do financiamento.

• O aluno deverá acessar o site: sisfiesportal.mec.gov.br para fazer sua inscrição. É muito importante que o aluno leia todas as instruções disponíveis no site.

• O aluno poderá solicitar o ingresso no financiamento em qualquer época do ano.

• Para o aditamento, o aluno poderá optar pela redução do percentual de financiamento, nunca pelo aumento.

• O percentual mínimo para financiamento é de 50% e poderá ir até 100% em todos os semestres.

 

De acordo com o site sisfiesportal.mec.gov.br, as fases do financiamento são:

1 - Utilização: período compreendido entre o ingresso do estudante no Fies e o mês imediatamente anterior ao início da fase de carência. Ao longo desse período, o aluno deverá pagar trimestralmente os juros incidentes sobre o financiamento, limitados a R$ 50,00 (cinquenta reais).

2 - Carência: período compreendido entre o mês subsequente ao término da fase de utilização e o mês imediatamente anterior ao início do período de amortização. Durante esse período, o estudante financiado fica obrigado a pagar os mesmos juros previstos na fase de utilização.

3 - Amortização: período iniciado no 19° (décimo nono) mês imediatamente subsequente à fase de utilização. Nessa fase, o saldo devedor do financiamento é amortizado com base no valor apurado mediante a aplicação da Tabela “Price”, em parcelas mensais, iguais e sucessivas, pelo prazo de até 3 vezes o prazo de permanência do estudante na condição de financiado, acrescido de 12 (doze) meses.

O MEC (Ministério da Educação) publicou uma portaria no Diário Oficial da União, no dia 12/04/2012, que estabelece a renda familiar mensal de até 20 salários mínimos para que o estudante possa se cadastrar no Fies (Fundo de Financiamento Estudantil). Até então, as regras para participação no programa não estipulavam uma renda máxima.
Dúvidas frequentes sobre o FIES

Quando abrem as inscrições para o FIES?

Normalmente no mês de janeiro. O Próprio site do FIES determina o início das inscrições.

Solicitamos a atenção ao site sisfiesportal.mec.gov.br/, e em nossas demais redes de relacionamento (Twitter, Facebook e unitau.br), pois publicaremos qualquer novidade.

Existe cota para inscrições no FIES em cada curso?

Não, a partir do ano de 2014, as inscrições para o FIES na UNITAU são ilimitadas.

• Qual a documentação necessária para entrega na Pró-reitoria Estudantil para o financiamento?

Ficha de inscrição devidamente impressa, mais os originais seguidos de cópias (ou cópias autenticadas) dos seguintes documentos:

a. Documentos de identidade (o documento informado no momento da inscrição deve ser o documento entregue) e CPF de todos os membros do grupo familiar. Aos membros da família menores, que não tiverem RG, será permitida a apresentação da certidão de nascimento;

b. Comprovante de residência do grupo familiar (contas de água, luz ou telefone de onde efetivamente reside a família);

c. Comprovante de rendimentos de todos os membros da família maiores que trabalham:

d. 3 últimos contracheques no caso de renda fixa e em comissão;

e. 6 últimos contracheques no caso de pagamento de horas extras;

f. No caso de não possuir os documentos acima, trazer cópia do Imposto de Renda ou do DECORE (Declaração de Contribuição e Rendimentos assinado por um contador – caso de autônomos)

g. Declaração de que não possui renda, de todos os membros que não trabalharam (com firma reconhecida em cartório);

h. Histórico escolar do ensino médio e certificado de conclusão do candidato;

i. Comprovante do ENEM caso tenha concluído o ensino médio a partir de 2009;

j. Em se tratando de pais separados, trazer copia do termo de audiência estipulando o valor da pensão, se houver e certidão de casamento averbada.

 
• Quem não pode se candidatar ao FIES?

Aqueles:

a. Cuja matrícula acadêmica esteja em situação de trancamento geral de disciplinas no momento da inscrição;

b. Que já tenham sido beneficiados com o FIES e desistiram;

c. Que estejam inadimplentes com o Programa de Crédito Educativo (PCE/CREDUC);

d. Cujo percentual de comprometimento da renda familiar mensal bruta per capta seja inferior a 20%;

e. Cuja renda familiar mensal bruta seja superior a 20 salários mínimos.

 

• Alunos e fiadores podem ter restrição no CPF para inscrição no FIES?

Não. Os alunos, nem seus fiadores poderão ter restrições no CPF; e se forem casados, os respectivos cônjuges também participam da mesma regra.

É importante ressaltar que mesmo no período de aditamento esta condição continua sendo válida.

• É indispensável a apresentação de um fiador?

Sim, nos casos em que a renda familiar bruta per capita for superior a um salário mínimo e meio.

Vale lembrar que o fiador deve ter como rendimento duas vezes o valor da mensalidade do curso escolhido pelo aluno, e se isso não for possível, há a possibilidade de adição de outro fiador para complementação do valor.

• Ao realizar a inscrição, e concluí-la, o aluno já pode considerar-se beneficiado pelo financiamento?

Não. Para a obtenção do financiamento há 4 fases:

a) inscrição e conclusão da inscrição com impressão da ficha no site sisfiesportal.mec.gov.br/;

b) entrega da documentação na Pró-reitoria Estudantil para ser avaliada pelos membros da comissão;

c) comparecimento do aluno e seu fiador, em caso de fiança convencional, ao Banco do Brasil ou Caixa Econômica Federal para aprovação;

d) Entrega de cópia do contrato no Setor de FIES, na Pró-reitoria Estudantil.

• Se eu tiver um fiador posso me inscrever no FIES ainda que nenhum membro da minha família tenha renda?

Não. Infelizmente o Financiamento é feito de acordo com a renda mensal bruta do grupo familiar, e se o aluno não tiver um rendimento mínimo não será possível realizar o financiamento. Vale lembrar que entende-se como grupo familiar parentes diretos, residentes na mesma casa, como: pai, mãe, cônjuge, filhos, irmãos e avós.

• Quando o aluno começa a pagar o financiamento?

Após 18 meses da conclusão de seu curso. No entanto, é importante frisar que a contratação do financiamento implica no pagamento de uma quantia de R$ 50,00 trimestralmente ao longo de toda graduação.

• Após a contratação o aluno garante seu financiamento até a conclusão do curso?

Sim, porém semestralmente (nos meses de janeiro e julho), é preciso que o aluno compareça ao Setor de FIES, na Pró-reitoria Estudantil, para aditamento do contrato, ou seja, informar ao Governo Federal que deseja continuar usufruindo do Programa.

• Se o aluno já tem o FIES em outra Universidade ele pode solicitar sua transferência para a UNITAU trazendo consigo o financiamento?

Sim. O estudante deverá procurar a Comissão da Universidade em que está matriculado, efetuar a transferência de curso, e trazer a documentação à nossa Universidade para validação da transferência e do aditamento para renovação de contrato

• Para a realização dos aditamentos, o que é necessário?

O comparecimento do aluno à Pró-reitoria Estudantil trazendo consigo seu CPF e a senha utilizada no momento da inscrição. Este procedimento provavelmente será pré-agendado, e tem uma duração média de 15 minutos. Após este procedimento, dentro de 10 dias o aluno já poderá retornar ao Setor de FIES para retirar sua via do Documento de Regularidade de Matrícula (DRM) assinada pela Comissão, para arquivamento.

• Após o aditamento é necessário comparecer ao banco novamente?

Não. Apenas se houver modificação de fiador, de percentual a ser financiado, ou alteração de semestre cursado/financiado. Nesses casos o aluno deverá encaminhar a via de conclusão à agência bancária para alteração do contrato, e entregar uma cópia ao Setor de FIES, na Pró-Reitoria Estudantil, para arquivo.

• O que acontece se o estudante não comparecer à CPSA (Pró-Reitoria Estudantil) ou ao Agente Financeiro nos prazos estabelecidos?

a.Não comparecimento à Pró-reitoria Estudantil para entrega da documentação: O valor reservado bem como o nome do estudante retornam ao sistema para nova inscrição no dia seguinte ao vencimento.

b. Não comparecimento ao Agente Financeiro (Banco) junto com o Fiador: O valor reservado ao estudante retorna ao sistema em 5 dias úteis e o nome do estudante somente em 10 úteis.

Quem é beneficiário de alguma modalidade de bolsa na Universidade pode realizar a inscrição no FIES?

Não. Ao efetuar a contratação do financiamento automaticamente qualquer modalidade de bolsa dentro da Universidade será cancelada, a fim de tornarmos acessíveis os benefícios disponíveis ao maior número de alunos possível dentro da Instituição.

Quais percentuais de financiamento posso realizar com o FIES?

Existem variáveis entre 50% a 100%. Este percentual é dado pelo próprio site do Governo, levando-se em consideração a renda familiar bruta e seu comprometimento.

• O FIES quita parcelas/dívidas anteriores ao contrato?

Não. O Financiamento é valido somente para parcelas referentes a partir do momento da filiação, não alcançando parcelas anteriores.

• O que eu faço se não encontrei minha questão respondida acima e ainda tenho dúvidas?

Escreva para pre@unitau.br ou ligue para 3625-4126!

 

110 Comentários

  1. Eliton

    Boa noite, moro com a avó da minha namorada, mas na hora de incluir ela no grupo familiar não existe nenhuma opção que eu possa colocar por exemplo outros… o que eu faço, deixo sem ?

  2. vivian

    Olá, Eliton,

    Para o FIES, o grupo familiar é formado por: pai, mãe, irmãos, tutelados e curatelados – nesses dois últimos, é necessário o termo do juiz. Se quiser outras informações, ligue ou compareça ao Setor de FIES da UNITAU.

    Setor de FIES UNITAU
    Telefone: (12) 3625-4126
    End: Rua Barão da Pedra Negra, 162, Centro, Taubaté/SP
    :)

  3. Guilherme Augusto

    Boa noite. Fiz a minha inscrição no SisFies como não bolsista, assim solicitando 100% de financiamento pelo fies. Caso eu ganhe bolsa de 50% posso reduzir o valor do financiamento pelo fies?

  4. vivian

    Olá, Guilherme,

    Após assinar o contrato do FIES, os alunos podem solicitar tanto a troca de fiadores quanto a redução do percentual de financiamento. É importante ficar atento, pois uma vez reduzido o percentual o valor não mais poderá ser aumentado (exemplo: se você solicita 100% e depois reduz seu percentual, caso você venha a precisar dos 100% novamente, não mais poderá tê-lo).
    Para mais informações, você pode ligar no telefone (12) 3625-4126, do Setor de FIES da UNITAU.

  5. Danielle Cardoso

    Bom-dia!

    Sou formada em Recursos Humanos e quero iniciar o curso de Administração, gostaria de saber como funcionaria a análise de matérias (que poderia eliminar) e se com a eliminação de algumas matérias é possível dar entrada no FIES. Mesmo formada, o vestibular é critério para ingressar no curso?

    Att,
    Danielle.

  6. vivian

    Olá, Danielle,

    Para a eliminação de matérias é necessário que você leve ao Departamento, após a matrícula, o seu histórico escolar para que seja feita a análise de currículo. Quanto ao FIES, Administração está entre os cursos que não estão disponíveis para o Financiamento Estudantil. Já sobre o Vestibular, se você quiser garantir sua vaga, é importante realizar o processo seletivo.

    Mais informações você pode obter pelo telefone (12) 3625-4110 ou pelo 0800 55 72 55 da UNITAU.

  7. CAMILA

    Olá, boa tarde.
    Quero saber se a UNITAU já cobre o curso de direito com o FIES, a porposta era pro ano de 2015, mais não consigo informações no site da UNITAU .

  8. vivian

    Bom dia, Camila,

    O curso de Direito não está disponível para o Financiamento Estudantil (FIES), mas há outras possibilidades de benefícios como: o Programa Escola da Família, Bolsa Estágio interno, entre outras opções, além disso há algumas prefeituras que disponibilizam programas de incentivo – um exemplo é o SIMUBE da Prefeitura de Taubaté.

    Para outras informações, você pode ligar no telefone (12) 3625-4180, da Pró-reitoria Estudantil.

  9. Joucian

    Ola, eu sou aluno da UNP-NATAL RN,eu acabei o segundo periodo agora em dezembro, eu sou aluno fies e quero mudar para outro curso na unp mesmo, so que quando eu tento solicitar a transferencia integral fica aparecendo uma mensagem dizendo: (a universidade não retornou) oque faço ?

  10. vivian

    Olá, Joucian!

    Entre em contato com a secretaria da instituição em que você estuda e se quiser mudar de universidade, a UNITAU tem 42 cursos, sendo que 36 deles estão disponíveis para o FIES. Outras informações, sobre o processo de transferência, você pode obter no site da UNITAU. :)

Post your comments

Your email address will not be published. Required fields are marked *