Profissionais e estudantes de Geografia e Biologia discutem os fenômenos da natureza

Dizer que o tempo está louco ou que a natureza está revoltada já virou clichê. Mas para os profissionais formados em Geografia mais do que clichê, as alterações climáticas são temas de pesquisas e muitas discussões. Um exemplo é a programação do Encontro Regional de Geografia da UNITAU, que começa amanhã e vai até o domingo, dia 30, e que debaterá como os fenômenos climáticos, as características geográficas e a ocupação urbana se relacionam e podem afetar o nosso cotidiano.

Durante o evento, universitários, professores e pesquisadores renomados de diversos Estados brasileiros utilizarão como exemplo as fortes chuvas que assolaram a cidade de São Luiz do Paraitinga. Além de abordar temas como chuvas, degradação ambiental e monocultura, os participantes apresentarão propostas para a reconstrução do município – ecologicamente corretas, é claro.

A abertura do evento contará com um convidado de honra: o geógrafo Aziz Ab’Saber, um dos principais estudiosos sobre degradação ambiental do País, falará sobre a história da ocupação de São Luiz, cidade, aliás, em que ele nasceu.

Para saber mais sobre o Encontro de Geografia clique aqui.

Expedição à Mata Atlântica

Entender melhor sobre a interação entre as plantas, os animais e os fenômenos da natureza também é o enfoque dos estudantes de Ciências Biológicas da UNITAU, que aproveitarão o final de semana para participar de uma expedição à Mata Atlântica, nos arredores da cidade de Monteiro Lobato. Durante dois dias, os universitários terão a oportunidade de realizar diversas pesquisas de campo, como observar o comportamento de pássaros e de anfíbios, coletar insetos, realizar levantamentos botânicos, participar da trilha do mel e aprender conceitos sobre educação ambiental.

Seja pelo viés da Geografia, seja pelo da Biologia, estudar a natureza está em alta mais do que nunca e os profissionais das duas áreas exercerão um papel fundamental para o futuro do nosso planeta.

About the author /


Post your comments

Your email address will not be published. Required fields are marked *